Criminoso procurado pela Interpol é capturado em Santa Catarina

Um criminoso de 48 anos procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) foi preso na manhã desta quinta-feira (29) no bairro Azambuja, em Brusque. A Polícia Civil localizou o homem durante uma investigação na qual ele aparece como suspeito de aplicar o “Golpe do Aplicativo” em ao menos cinco moradores da cidade.

Criminoso procurado pela Interpol é capturado em Santa Catarina – Foto: Reprodução

Segundo o delegado Fernando Farias, há cerca de um mês e meio, vítimas começaram a procurar a polícia. Conforme os relatos, elas recebiam mensagens pelo Facebook de um homem oferecendo uma vaga de emprego. Interessadas, as candidatas aceitavam fazer a entrevista pessoalmente, sempre em espaços públicos, como lanchonetes.

Durante a conversa com o suposto empregador, o homem dizia às candidatas que precisava instalar um aplicativo no celular delas. A ferramenta seria o canal de comunicação para assuntos profissionais. Com o celular das vítimas em mãos, o criminoso dava um desculpa para se ausentar do local e nunca mais voltava.

Depois, a esposa do homem anunciava os aparelhos, negociava e entregava os celulares. Foi rastreando a mulher que a polícia identificou o marido dela. Ao consultar o nome do suspeito no sistema a Polícia Civil de Brusque percebeu tratar-se de um procurado pela Interpol. O homem tem uma condenação na Justiça do Paraná por falsificação de moedas.

Como o homem não foi localizado no Brasil na época da condenação e indícios apontavam que ele poderia estar vivendo nos Estados Unidos, o nome dele entrou na lista de procurados pela Organização Internacional de Polícia Criminal. O homem foi levado à Unidade Prisional Avançada de Brusque.

A investigação do “Golpe do Aplicativo” segue aberta e a polícia não descarta a possibilidade de ter mais vítimas. Com o casal foram apreendidos cinco celulares. Os aparelhos serão analisados na tentativa de identificar a procedência e posterior restituição aos donos. A dupla vai responder por furto mediante fraude e receptação.

Material apreendido durante prisão do homem procurado pela Interpol – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.