A Daimler prevê reportar prejuízo no segundo trimestre, em consequência dos confinamentos provocados pelo coronavírus, e que vai continuar com o programa de corte de custos durante o resto do ano.


Com Agências