Detento em prisão domiciliar é morto após ameaçar o pai e confrontar a polícia, em Macapá


Genitor descreveu à polícia que Oziel da Silva Lima invadiu a casa e roubou R$ 500. Caso aconteceu na Zona Oeste, nesta quarta-feira (14). Arma usada por Oziel Lima foi apreendida na casa e apresentada no Ciosp do Pacoval
6º BPM/Divulgação
Detento do regime aberto domiciliar, Oziel da Silva Lima, de 22 anos, morreu nesta quarta-feira (14) durante uma intervenção policial na Zona Oeste de Macapá. De acordo com a polícia, ele ameaçou o próprio pai com uma arma, roubou R$ 500 do genitor e depois confrontou militares, que revidaram e o acertaram.
O caso aconteceu na Av. 13 do bairro Marabaixo 3, quase às 14h. O Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) foi acionado pelo pai de Lima, que detalhou que o filho invadiu a casa dele, o roubou e ameaçou de morte caso chamasse a polícia.
Mas o pai não hesitou e pediu ajuda de força policial. O 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM) encaminhou equipe para a residência.
De acordo com o relato policial, ao chegarem, os militares se identificaram para Lima, que teria reagido com disparo de arma de fogo. Diante da ação, a equipe revidou e baleou o detento.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) enviou ambulância para o local, onde a equipe confirmou o óbito.
A Polícia Técnico-Científica (Politec) foi chamada para realizar a perícia de local de crime, e remoção do corpo.
O 6º BPM apresentou no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval a arma e outros objetos apreendidos na ocorrência.
Segundo a polícia, Lima já respondia por crimes como furto e roubo qualificado.
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”