Dia de Finados: acesso aos cemitérios será limitado e flores artificiais proibidas em Teresina


A carta divulgada pelo Centro de Operações em Emergências (COE) da FMS pretende coibir a disseminação do novo coronavírus durante as visitas aos cemitérios no feriado. COE recomenda que pessoas com problemas de saúde e crianças não poderão comparecer nos cemitérios
TV Clube
O Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) emitiu uma carta com recomendações a serem seguidas pela população de Teresina na próxima segunda-feira (2), no Dia de Finados. O objetivo é coibir a disseminação do novo coronavírus durante as visitas aos cemitérios no feriado.
O órgão recomendou que a visita para uma mesma sepultura seja de até quatro pessoas, podendo entrar em duplas, mas não ao mesmo tempo. Pessoas com problemas de saúde e crianças não poderão comparecer aos cemitérios.
Não será permitida a entrada de alimentos, coroas ou guirlandas de flores artificiais. Além disso, recomenda-se que os visitantes não devem realizar cumprimentos entre si com abraços, beijos ou apertos de mãos.
“O Dia de Finados é uma data em que, tradicionalmente, ocorre visitação mais intensa aos cemitérios e, consequentemente, pode gerar aglomeração de pessoas e contribuir para aumentar a proliferação do novo coronavírus. Nós ainda nos encontramos em um período de pandemia e todos os cuidados devem ser mantidos para evitar o contágio e o aumento do número de casos e de óbitos por Covid-19 na cidade”, ressaltou a médica infectologista Amparo Salmito.
Confira outras recomendações do COE:
Utilizar máscaras durante toda a visitação aos cemitérios e não permitir a entrada de pessoas sem o EPI;
É recomendado levar uma máscara de reserva, caso haja necessidade de troca;
Levar álcool em gel individual, devendo atentar para o cuidado no manuseio do produto que deve ocorrer longe de velas/fogo para evitar a ocorrência de acidentes;
O cemitério deverá ter entrada e saída em locais diferentes;
Nos cruzeiros (locais onde os visitantes acendem velas e fazem orações), deve ser mantido o distanciamento evitando aglomerações;
VÍDEOS: veja as notícias mais vistas do G1 Piauí
Decretos no Piauí de isolamento social
Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.
O que fazer e para onde ir em caso de aparecimento dos sintomas
O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.
Prevenção, contágio e sintomas
Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.
Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia da Covid-19
É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar). Um guia ilustrado preparado pelo G1 ajuda a tirar dúvidas.
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.