Dnit retira radares do Anel Rodoviário de Belo Horizonte

Equipamentos redutores de velocidades foram retirados do trecho entre os bairros Califórnia e São Gabriel. Dnit não informou quando novos serão instalados. Radares estão sendo retirados do Anel Rodoviário
Motoristas que passam diariamente pelo Anel Rodoviário, em Belo Horizonte, já devem ter notado que alguns radares foram retirados nos últimos dias. Os equipamentos ficavam entre os bairros Califórnia e São Gabriel, que é um trecho de jurisdição do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).
Os dez radares já estavam desligados há mais de um ano neste trecho de 17 quilômetros.
A falta dos equipamentos preocupa por causa do grande volume de veículos que passa pela via e do alto número de acidentes. De janeiro a junho deste ano, foram 482 batidas de trânsito sem vítimas e 289 em que alguém ficou ferido ou morreu, segundo a Polícia Militar Rodoviária.
Entre os bairros Olhos D’Água ao Califórnia, que é trecho concedido à iniciativa privada, não houve remoção de radares, segundo a Via 040.
O Dnit não informou quantos radares foram removidos e nem o motivo. Disse apenas que está cumprindo acordo judicial homologado em julho do ano passado pela Justiça Federal para a instalação de 1.140 radares eletrônicos em todo o país.
Os equipamentos são instalados após a aprovação dos projetos e, depois da instalação, passam por aferição do Inmetro. Somente após esse processo, iniciam a operação. No caso do Anel Rodoviário, o processo aguarda assinatura de contrato.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”