Droga é achada no traseiro de mascote do Proerd no Oeste de SC

Dois jovens, um de 19 e outro de 22 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas em Cunha Porã, no Oeste de Santa Catarina, nesta manhã de sexta-feira (16). O pacote com maconha estava, no entanto, escondida dentro de um mascote de pelúcia do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência).

Droga é achada no traseiro de mascote do Proerd no Oeste de SC – Foto: Polícia Civil/ND

O mascote foi encontrado no quarto de uma casa durante o cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão, de acordo com o delegado da Polícia Civil, João Luiz Miotto. A porção de maconha estava escondida na parte de trás do urso de pelúcia.

Os policiais prenderam cinco pessoas, todas elas em flagrante e mais uma porção de maconha em outro cômodo da casa. Tudo foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

O que é o Proerd?

O Proerd é um programa da Polícia Militar. Em Santa Catarina, o projeto foi implementado, primeiramente, em 1998 no 6º Batalhão da PM em Lages. No segundo semestre do mesmo ano, se estendeu para a cidade de Chapecó e atendeu, naquele ano 4.562 crianças e adolescentes.

O programa realiza ações em escolas com objetivo de orientar às crianças e os adolescentes a dizerem não às drogas e à violência, e por estarem aptos a tomarem decisões saudáveis, seguras e responsáveis.

Em 16 de março do ano passado, o Proerd catarinense completou 21 anos de história, e até o final de 2019, foram contabilizados 1.504.571 catarinenses formados.

Mascote do Proerd

O mascote escolhido para o projeto foi o “Leão Daren”, por ser um animal forte, com presença e que tem coragem e domina seu território, além de proteger sua prole dos inimigos, considerando que a droga é um inimigo da sociedade.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.