E depois os políticos reclamam

Coluna de Alon Feuerwerker comenta o novo round da briga política em torno da vacina contra a covid-19

A análise ontem (“Responsabilidade Vacinal”) teve a fortuna de estar adequada ao noticiário de hoje. Só não era tão lógico assim que os contendores políticos fossem arrastados tão rapidamente para a refrega. Mas aconteceu. E quem é que vai se dar bem ao final?

Muito provavelmente, o primeiro que tiver a vacina para oferecer em massa à população. Os movimentos antivacina ainda são bastante minoritários, e o avanço da pandemia tende a marginalizá-los ainda mais, especialmente nos países que não conseguem controlar sem uma vacina a propagação do vírus.

Uma coisa é certa. Quando alguma vacina estiver disponível, serão imensas as pressões sobre a Agência Nacional de Vigilância Sanitária para a liberação. Pressões sociais e pressões políticas. Qual será o comportamento da https://venha.leraqui.net/wp-content/uploads/2020/10/anvisa.html num cenário de conflito político?

Outro palpite com grande chance de confirmar-se: quando houver uma vacina, ou vacinas, haverá uma natural onda de decisões judiciais para garantir o direito a ela, ou a elas. E isso tem tudo para chegar ao Supremo Tribunal Federal. Que mais uma vez estará no centro do palco.

E depois os políticos reclamam.

*Analista político da FSB Comunicação

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.