Educadora que está construindo casa com garrafas de vidro em Foz cria maquete e mostra como deve ficar a construção finalizada; VÍDEO


Mulher arrecadou 11 mil garradas de vidro, de 600 ml, para a construção da casa, na região oeste do Paraná. Educadora que está construindo casa com garrafas cria maquete do resultado final
A educadora social Dórias Dias, que está construindo uma casa com garrafas de vidro em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, criou uma maquete mostrando como gostaria que ficasse o resultado final. Pra construção da casa, ela arrecadou, com a ajuda da comunidade, cerca de 11 mil garrafas de vidro. Assista ao vídeo.
Criativa e muito inteligente, Dóris criou cada cantinho da casa com direito à teto com luz solar, espaço de artesanato e todos os outros cômodos, do jeito que ela e o marido, Robson Lopes, sempre sonharam.
Dóris criou uma maquete de como sonha que a casa de garrafas de vidro fique após a construção
Reprodução
A obra, que começou em abril, está em fase de finalização, mas depende de recursos financeiros, que o casal não tem. “Nós estamos pedindo ajuda e doações pra construir o telhado, o piso e para finalizar com as portas e janelas”, contou Dóris.
Por enquanto, eles gastaram cerca de R$ 3 mil para levantar as paredes da casa, que tem 70 metros quadrados, e pediram ajuda em uma campanha online.
Casal espera terminar a obra para sair da casa dos pais da Dóris, em Foz do Iguaçu
Arquivo pessoal
A sustentação da estrutura da casa foi feita com ferro, as paredes com garrafas de 600 ml e cimento, segundo a educadora.
Atualmente, a educadora está afastada do trabalho por problemas de saúde e ainda não está recebendo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O marido, que trabalhava como repositor em um supermercado, está desempregado.
Depois de casar e ganhar parte do terreno dos pais, Dóris fez orçamentos para construir uma casa convencional, mas viu que não tinham condições.
“A maioria dos brasileiros não tem condição de ter a casa própria. É muito difícil conseguir uma casinha. Esse é um sonho meu. Antes eu pensava que de jeito nenhum ia conseguir, mas agora vejo que está cada vez mais perto. Além de tirar as garrafas do meio ambiente, ainda vou ter meu cantinho. Não vejo a hora”, contou a educadora.
Tudo mudou quando a educadora conheceu projetos sustentáveis com casas de garrafas PET e de vidro, em diferentes lugares do mundo, inclusive, no Brasil.
De acordo com Dóris, a ideia da casa de garrafas surgiu depois de fazer a festa de casamento dela, em setembro de 2019, usando materiais recicláveis.
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”