Elano lembrou o Argel na entrevista coletiva pós-clássico. Ilusão x realidade.

ILUSÃO E REALIDADE

Elano, técnico Figueirense, – Foto: Patrick Floriani/FFC/ND

O torcedor alvinegro que acompanhou a entrevista do Elano após o jogo na noite da última terça no estádio da Ressacada, e que não assistiu ou ouviu a transmissão do clássico, foi dormir achando que o seu time só não venceu o rival Avaí por causa de um erro da arbitragem. Em alguns momentos, a sua entrevista lembrou as do Argel que via jogos do alvinegro que só ele percebia. O Figueirense não jogou bem e não teve nenhuma das qualidades que o técnico enalteceu. Como comentei na coluna desta terça(30), ter o zagueiro Alemão como o melhor jogador da sua equipe se desdobrando por dez na defesa em um confronto tão importante e fundamental como o clássico, é porque as coisas não estão tão bem como deveria estar. Aliás, a posição na tabela de classificação é o melhor indicativo do momento do time do estádio Orlando Scarpelli. Elano, que como atleta foi um vencedor, precisa entender que como um treinador iniciante, quando as desculpas se acumulam nas entrevistas é porque a realidade é muito diferente daquilo que está sendo imaginado.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”