Eleições 2020: quatro candidatos à prefeitura do Recife apresentam propostas para segurança pública


Segundo pesquisa Ibope divulgada em 2 de outubro, 40% dos entrevistados acreditam que a segurança pública é o principal problema da cidade. Os quatro candidatos que mais pontuaram nas intenções de voto, segundo o levantamento, falaram sobre seus projetos para a área. Candidatos à prefeitura do Recife em 2020 falam sobre seus projetos para a área de segurança pública
Reprodução/TV Globo
No Recife, a segurança pública é uma das áreas em que a população vem enfrentando mais dificuldades: segundo pesquisa Ibope divulgada no dia 2 de outubro, 40% dos entrevistados acreditam que esse segmento está entre os principais problemas da capital pernambucana. Os quatro candidatos que mais pontuaram nas intenções de voto, segundo o levantamento, responderam quais são seus projetos para a área.
O que dizem os programas de governo dos candidatos a prefeito
A Constituição Federal estabelece que a segurança pública é um dever do estado, direito e responsabilidade de todos, e que deve ser compartilhada entre os governos federal, estadual e municipal.
O município pode contribuir através da criação de planos ou órgãos para viabilizar o planejamento, implementação, monitoramento e avaliação de ações, projetos e programas que tenham como objetivo a prevenção do crime e a redução do sentimento de insegurança da população.
No Recife, a Secretaria de Segurança Urbana existe desde 2013. A cidade conta com 1.984 guardas municipais, dos quais 666 atuam na Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano. Há, também, 98 mil pontos de iluminação na cidade.
Confira as promessas, de acordo com a ordem alfabética dos nomes registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para aparecer na urna.
Delegada Patrícia (Podemos)
Candidata à prefeitura do Recife pelo Podemos, Delegada Patrícia falou sobre seu projeto para a área da segurança pública
Reprodução/TV Globo
“Nosso projeto se chama Blinda Recife. Nós iremos instalar iluminação de qualidade em todos os cantos da nossa cidade. Câmeras de monitoramento em todos os bairros. Vamos ter uma central de monitoramento, onde serão integradas as imagens das câmeras de prédios e comércios voltadas para a rua com as câmeras de segurança da prefeitura, para que a violência no Recife possa ser reduzida e, nessa central, sejam monitorados todos os pontos da cidade, mapeados os pontos de maior violência. Vamos treinar e armar a Guarda Municipal, para que a Guarda seja utilizada prioritariamente para fazer a segurança do cidadão. Teremos uma Guarda que vai promover paz e segurança. E, consequentemente, vamos acabar com a indústria das multas. Guarda municipal é para fazer segurança da população.”
João Campos (PSB)
Candidato à prefeitura do Recife pelo PSB, João Campos falou sobre seu projeto para a área da segurança pública
Reprodução/TV Globo
“A segurança é um enorme desafio das grandes cidades, e nós teremos uma atuação efetiva ajudando na prevenção. No que cabe ao fortalecimento da educação, da assistência social, mas também com ações efetivas, como a melhoria da iluminação pública, começando nas áreas que têm os indicadores mais desafiadores da parte de segurança na cidade e também fazendo ações de fortalecimento da Guarda Municipal nos grandes corredores de comércio. Que a gente possa melhorar o diálogo com as polícias civis e militares, para ter uma atuação mais efetiva no território do Recife, e ampliando o número de Compaz na cidade. Já tem estudos que mostram que onde há um Compaz tem uma redução de mais de 30% dos indicadores de violência daquele território. Nós estamos aqui para ajudar e fortalecer o combate à violência na cidade do Recife.”
Marília Arraes (PT)
Candidata à prefeitura do Recife pelo PT, Marília Arraes falou sobre seu projeto para a área da segurança pública
Reprodução/TV Globo
“A questão da segurança é função do estado. Inclusive a repressão ao crime. Mas é necessário que o município faça sua parte, e do jeito que está acontecendo no Recife, nem parece que prefeitura e governo são comandados pelo mesmo grupo, porque não tem ações integradas da prefeitura com o governo do estado. Então nossa primeira medida vai ser criar um gabinete de gestão integrada, para fazer esse diálogo com o governo do estado e fazer todo o intermédio das ações transversais, que devem ser feitas pela prefeitura. Em questão de urbanização, de assistência social, de educação, também, e iluminação pública. Toda essa parte que a prefeitura deve fazer, inclusive a integração da comunidade no combate à violência. Então, é necessário que a prefeitura tenha esse papel e que invista na Guarda Municipal, para que ela seja qualificada e bem equipada para apoiar a Polícia Militar.”
Mendonça Filho (DEM)
Candidato à prefeitura do Recife pelo DEM, Mendonça Filho falou sobre seu projeto para a área da segurança pública
Reprodução/TV Globo
“Nós vamos recuperar áreas degradadas, abandonadas, parques, praças e ruas da cidade. Ruas bem cuidadas e bem iluminadas, assim como parques e praças, são territórios livres da bandidagem, da criminalidade. Além disso, vamos qualificar cada vez mais a Guarda Municipal, por meio da Academia da Guarda, que atuará armada, em cooperação com a Polícia Militar para proteger o patrimônio público e o cidadão recifense. E, finalmente, políticas públicas de proteção à juventude. A juventude, hoje, é vítima das drogas. A gente tem que assegurar políticas para que a população jovem acesse lazer, cultura e esporte, e proteger o jovem justamente do ambiente de crime, principalmente nos bairros mais pobres da cidade do Recife.”
VÍDEOS: veja respostas dos candidatos à prefeitura do Recife sobre temas relevantes para a cidade
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”