Eleições 2020: TRE-PR chega a marca de 85 mil mesários voluntários e bate recorde de inscrições


As eleições municipais deste ano, que estavam marcadas para outubro, foram adiadas para novembro. TRE bate recorde de mesários voluntários
John Pacheco/G1
Oitenta e cinco mil pessoas se inscreveram para trabalhar como mesários voluntários durante as eleições municipais deste ano no Paraná, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
O número de inscritos é recorde na história do TRE e é quatro vezes maior do que a quantidade registrada nas eleições de 2018, quando 20 mil voluntários se inscreveram.
TRE-PR oferece até 60 horas de atividades extracurriculares para universitários que se candidatarem para trabalhar nas eleições
Em todo o Brasil, dos 2 milhões de mesários, 800 mil são voluntários, ainda conforme o tribunal.
Além dos mesários voluntários, o TRE espera 30 mil pessoas para atuarem como colaboradores nos locais de votação. Essas pessoas serão responsáveis por dar informações, ajudar na higienização e no distanciamento por causa do novo coronavírus.
As eleições municipais deste ano, que estavam marcadas para outubro, foram adiadas para novembro.
Pelo calendário eleitoral, o primeiro turno estava marcado para 4 de outubro, e o segundo, para 25 de outubro. Com o adiamento, o primeiro turno ficou para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.
Inscrições para mesários voluntários
De acordo com o TRE-PR, as inscrições podem ser feitas no site do tribunal. Podem se voluntariar eleitores com mais de 18 anos que não tenham débitos com a Justiça Eleitoral.
Os mesários que trabalham nas eleições têm alguns benefícios, como:
Dispensa do serviço pelo dobro de dias trabalhados como mesário;
Auxílio-alimentação para o dia da eleição;
Crédito em disciplinas de cursos em instituições de ensino superior;
Vantagem de desempate em concursos públicos, se houver previsão em edital;
Isenção de taxa de inscrição em concursos públicos estaduais.
De acordo com o TRE-PR, a vantagem de ter uma proporção maior de voluntários, é que menos pessoas precisam ser convocadas para trabalhar nas eleições.
Não podem ser mesários candidatos ou parentes de candidatos, membros de diretórios de partidos políticos, policiais ou funcionários de cargo de confiança do Poder Executivo.
Veja mais notícias no G1 Paraná.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”