Em cenário inusitado, maior feira náutica da América Latina é realizada em SP

A São Paulo Boat Show, maior feira náutica da América Latina acontece na Raia da Universidade de São Paulo até a próxima terça-feira, 24. São 70 embarcações, para todos os gostos e para todos os bolsos, já que tem barco que vai de R$ 50 mil a R$ 4 milhões. Um dos destaques é a lancha A.S. Atalanta, de 42 pés, projetada pelo ex-piloto e ídolo nacional Ayrton Senna, que faleceu antes do barco ficar pronto. O presidente do Grupo Náutica e idealizador do evento, Ernani Paciornik, diz que a ideia é deixar um legado para a sociedade, trazendo ainda mais visibilidade à Raia da USP.

“Acho que a criatividade e a originalidade foram importantes nesse momento pra gente estar aqui hoje, no lugar que acho que vai ser um novo modal, o futuro Rio Pinheiros. Acho que no dia de amanhã veremos todos os barcos navegando no Rio Pinheiros, assim como na lagoa e no mar”, afirmou. As capivaras também fazem parte do evento, claro, já que esse é o habitat natural delas. E elas estão descansando bem ao lado do primeiro barco comprado pelo rei do futebol Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, que comprou a embarcação em 1969, no ano que marcou o milésimo gol no Maracanã. São aguardadas 15 mil pessoas no São Paulo Boat Show, atá a próxima terça-feira.

Para os amantes de atividades aquáticas, a iniciativa oferece, gratuitamente, aulas de SUP e clínica de vela, além de promover uma corrida inédita entre um barco movido a energia solar contra uma canoa havaiana, comandada pela equipe profissional brasileira Samu Team. Sábado e domingo os portões abrem das 13h até as 22h, e segunda e terça-feira, das 15h às 22h. A entrada custa R$ 70, R$ 35 para idosos e R$ 5 para pessoas com deficiência.

* Com informações do repórter Victor Moraes

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.