Em Londrina, disputa pela Câmara tem 564 candidatos a vereador, 61% a mais do que em 2016


Eleitores vão às urnas em novembro para escolher 19 vereadores. Conforme os registros da Justiça Eleitoral, para cada uma das cadeiras do Legislativo Municipal, há 29,68 candidatos concorrendo. Londrina tem 10 candidatos a prefeito e 564 a vereador
O número de candidatos a vereador em Londrina, no norte do Paraná, é o maior já registrado na cidade. São 564 na disputa por 19 vagas no Legislativo Municipal neste ano. A quantidade de candidatos a prefeito também é maior do que na eleição municipal passada, são dez , dois a mais do que em 2016.
Veja quem são os candidatos a prefeito de Londrina
Conforme dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de candidatos a vereador no município aumentou 61,6%, em relação a 2016. À época, foram 349 candidatos.
Fazendo uma análise de concorrência, são 29,68 candidatos disputando uma das cadeiras do Legislativo Municipal.
Dos 564 candidatos registrados, 187 são mulheres, ou seja, 33,1%. Dos atuais vereadores, 16 concorrem a reeleição e dois vão disputar como candidatos a prefeito e vice-prefeito.
A explicação para esse crescimento está na mudança da lei, aprovada em 2017. Estão proibidas coligações nas eleições para vereador e deputados, segundo o Tribunal Regional Eleitoral.
A partir de agora, os registros das candidaturas serão analisados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
“Vamos analisar as documentações entregues pelos partidos e candidatos. Em seguida vamos juntar a manifestação do Ministério Público Eleitoral e, somente depois disso, o juiz vai julgar esses pedidos. Se for encontrado problema e o registro indeferido, ainda há possibilidade de recursos”, explicou o diretor do Fórum Eleitoral, Luiz Valério.
Campanhas
Candidatos podem fazer campanha desde domingo (27)
Heloise Hamada/G1
Enquanto esse julgamento não é finalizado, todos os candidatos já podem fazer campanha eleitoral.
Desde domingo (27) está autorizada a divulgação de materiais nas ruas, na internet e em jornais impressos, inclusive usando carro de som. O horário eleitoral gratuito na TV e no rádio começa no dia 9 de outubro.
A Justiça Eleitoral alerta sobre a importância de evitar notícias falsas, as conhecidas fake news.
“Se for repassar adiante alguma informação é importante tomar muito cuidado. Verifique a fidelidade do conteúdo, se essa informação é verdadeira, se fonte é confiável. Se ficar na dúvida, não repasse. Qualquer um que replicar informação falsa pode ser responsabilizado depois”, concluiu o juiz Luiz Valério.
Funciona Assim: O que faz o vereador?
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”