Em nota, Fecam lamenta adiamento do julgamento dos royalties do petróleo

Fecam lamenta o adiamento que já causou prejuízos estimados da ordem de R$ 800 milhões. Entidade considera inaceitável que o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, tenha endossado pedido do governador do Rio de Janeiro requerendo o adiamento.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.