Em vídeo, Bolsonaro disse ter ‘união estável’ com senador flagrado com dinheiro na cueca

Em um vídeo antigo que tem circulado pelas redes sociais desde o anúncio de que o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), alvo de uma operação da Polícia Federal (PF) e flagrado com R$ 30 mil dentro da cueca, o presidente Jair Bolsonaro afirma ter “quase uma união estável” com o parlamentar. “É quase uma união estável, hein, Chico”, diz Bolsonaro, em alusão ao período em que os dois foram colegas na Câmara dos Deputados, entre 1991 e 2011. Antes de ser eleito presidente em 2018, Bolsonaro exerceu sete mandatos como deputado em Brasília. Hoje senador, Rodrigues também foi vice-governador e governador de Roraima. Na conversa, o senador do DEM agradece Bolsonaro por “sua luta em defesa do Brasil e dos princípios e valores da família”. A saída de Rodrigues da vice-liderança foi confirmada há pouco, no Diário Oficial da União.

A investigação apura indícios de irregularidades em contratações feitas com dinheiro público, que teriam gerado sobrepreço de quase R$ 1 milhão. As informações oficiais da PF, dado o sigilo do caso, se limitam a dizer que foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão durante a operação, em Boa Vista, que busca a “desarticulação de possível esquema criminoso voltado ao desvio de recursos públicos, oriundos de emendas parlamentares”. A Controladoria-Geral da União (CGU), que também faz parte da investigação, disse que a operação Desvid-19, realizada em Roraima, apura o “desvio de recursos públicos por meio do direcionamento de licitações”. Ainda segundo a CGU, as contratações suspeitas de irregularidades, realizadas no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde, envolveriam aproximadamente R$ 20 milhões que deveriam ser utilizados no combate ao novo coronavírus.

Nas redes sociais, Chico Rodrigues faz questão de demonstrar proximidade com o presidente da República em suas publicações. No dia 25 de agosto, o senador compartilhou um trecho de uma solenidade no Palácio do Planalto, na qual Bolsonaro o homenageia pelo Dia do Soldado.”Pediria que as pessoas que vou citar fiquem de pé. Prezado Chico Rodrigues, aluno de colégio militar”, afirmou Bolsonaro. A repercussão do caso do dinheiro na cueca gerou um desconforto no Palácio do Planalto. “Pegou muito mal”, resumiu à Jovem Pan um integrante do governo. “Espero que ele se afaste, porque tem que se defender. Seria até melhor se defender sem estar vinculado a nenhum cargo. Permanecer na vice-liderança é ruim, porque é um cargo ligado ao presidente. Mas a situação deve ser definida até o fim do dia”, acrescentou o aliado presidencial.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”