Empresas de telefonia, academias, bancos, financeiras e companhias aéreas lideram reclamações online na pandemia, diz Procon-PR


Segundo o órgão de defesa do consumidor, no Paraná, foram registrados mais de 88 mil atendimentos pelos canais virtuais, entre abril e setembro; veja como denunciar irregularidades. No Paraná, foram registrados mais de 88 mil atendimentos de reclamações de consumidores pelos canais virtuais, entre abril e setembro
TV Globo/Reprodução
O Departamento Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor do Paraná (Procon-PR) registrou, pelos canais online, mais de 88 mil reclamações de consumidores, entre abril e setembro de 2020, segundo dados do órgão.
As empresas que lideraram as denúncias neste período no estado, de acordo com o Procon, foram academias, operadoras de telefonia, bancos, financeiras e companhias aéreas.
Do total de 88.820 reclamações recebidas no Paraná pelos canais virtuais, 66.873 foram registradas pela plataforma consumidor.gov.
CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias
Número de reclamações envolvendo compras pela internet aumenta 20% no Procon-PR
No site, que recebe registros de todo o país, segundo o Procon-PR, houve aumento de 56% no número de denúncias de clientes paranaenses, em comparação com o mesmo período de 2019, passando de 42.730 para 66.873 registros.
Considerando as plataformas locais, o Procon-PR recebeu outras 21.947 reclamações durante os seis primeiros meses de pandemia.
Reclamações
A orientação do Proncon-PR é para que os consumidores busquem prioritariamente as plataformas online para o registro de reclamações, considerando os cuidados diante da pandemia do novo coronavírus.
O principal canal utilizado é o consumidor.gov, que reúne mais de 900 empresas, incluindo os setores de telefonia, bancos, financeiras, companhias aéreas e lojas.
Caso a empresa sobre a qual o cliente possui reclamação não esteja cadastrada na plataforma nacional, é possível registrar a denúncia pelo site do Procon-PR.
De acordo com o órgão, o consumidor precisa ter em mãos documentos como RG, CPF e as notas fiscais da compra ou comprovantes do produto ou serviço sobre o qual se sentiu prejudicado.
O atendimento por telefone funciona pelos números 0800-41-1512 e (41) 3223-1512.
VÍDEOS: Pandemia do novo coronavírus no Paraná:
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”