Energisa e Unesco iniciam segunda etapa de ação de combate a fome durante a pandemia do Covid em MS

Em outubro, a primeira etapa do projeto distribuiu mais de 2,5 mil cestas básicas para famílias vulneráveis nos 11 estados e até o fim do ano a pretensão é atingir 3,3 mil beneficiários. A concessionária responsável pelo abastecimento de energia elétrica na maioria das cidades de Mato Grosso do Sul, a Energisa, está realizando a segunda etapa da campanha humanitária de distribuição de cestas básicas para famílias vulneráveis.
Em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a ação que teve inicio em setembro, tem o objetivo de minimizar os impactos causados pela pandemia do novo Coronavírus, como a fome e o desemprego.
Em Campo Grande, as famílias dos bairros Dom Antônio Barbosa, Residencial José Teruel Filho, Jardim Colorado, Parque dos Sabias, Comunidade da Lagoa e Parque do Sol já foram contempladas. Segundo a empresa de energia, até dezembro, 600 cestas serão distribuídas pelo Associação de Amigos do Bairro Dom Antônio Barbosa, organização parceira selecionada pela Unesco.
Movimento Energia do Bem
A parceria com a UNESCO integra o Movimento Energia do Bem, liderado pela Energisa junto com parceiros estratégicos para viabilizar ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela pandemia nos 11 estados onde atua.
As iniciativas englobam um conjunto de ações humanitárias que incluem doação e manutenção de ventiladores pulmonares, distribuição de máscaras para hospitais e comunidades indígenas, obras elétricas em unidades públicas de saúde, captação de recursos para assistência a idosos e apoio a pequenos artistas e empreendedores.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.