Entrevista com o dublador Carlos Campanile



Carlos Campanile é um dos principais dubladores brasileiros, com 54 anos de carreira.

Campanile começou sua história na dublagem na década de 60 nos estúdios Ibrasom, trabalhando posteriormente no estúdio AIC, um dos pioneiros na dublagem brasileira. Em 1972, Carlos assumiu a coordenação do CineCastro de São Paulo, permanecendo até 1973. Posteriormente se afastou da dublagem até 1978, quando retornou ao ramo nos estúdios da BKS.

No cinema emprestou sua voz para vários atores em diversos trabalhos, como Al Pacino, Sam Neill, Paul Newman , Ed Harris,Robert De Niro, Clint Eastwood, Robert Redford , entre outros.

No mundo das séries, desenhos e animes, destaques para o vilão Freeza em Dragon Ball Z e Dragon Ball Super;

Thor de Phecda, em Cavaleiros do Zodíaco; Durval, em Cavaleiros do Zodíaco – A Batalha dos Deuses; Engenheiro Montgomey Scott em Jornada nas Estrelas; Flash Gordon em Os Defensores da Terra; e Superman, em Super Homem.

Carlos Campanile, também trabalhou como ledor durante 22 anos na Fundação Dorina Nowill, voltada para ajudar deficientes visuais em todo o Brasil. Gravando em aúdio diversos livros, entre os títulos, quatro volumes de Harry Potter, disponíveis nos arquivos da instituição.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”