Estudante aguarda vaga para cirurgia após perder movimento da mão em acidente


Lucas Almeida Ferreira não consegue movimentar o membro e teme que demora impeça reabilitação. Jovem aguarda por vaga para cirurgia após perder movimento de mão direita em acidente de carro
Arquivo pessoal
O estudante Lucas Almeida Ferreira, de 26 anos, perdeu os movimentos da mão direita após sofrer um acidente de carro em Cubatão (SP). Agora, ele aguarda por vaga para uma cirurgia de reparação dos nervos, para poder voltar a sua vida normal.
Em entrevista ao G1 neste sábado (21), o jovem relatou que na madrugada do dia 16 de novembro voltava de um compromisso para casa. Ele estava com um amigo – que dirigia o carro – tia, prima e outra amiga. “Meu colega abasteceu o carro e no caminho, devido a chuva forte, ele acabou perdendo o controle e batendo o veículo, ali na altura do Jardim Nova República, na interligação”, conta.
Segundo conta o estudante, após a colisão, o único que ficou lesionado gravemente foi ele, porque estava sentado no banco de passageiro. Ferreira foi socorrido e encaminhado ao pronto-socorro de Cubatão, onde passou por atendimento e fez um dos procedimentos cirúrgicos que necessitava após lesionar a mão. Ele segue internado na unidade desde então.
“Agora eu preciso de uma cirurgia para reparar os nervos. O médico falou que é procedimento de urgência, mas o hospital daqui não tem essa especialidade. Minha mão está inchada e só com esse procedimento vou poder retomar minha vida normalmente”, afirma o estudante.
De acordo com Ferreira, ele aguarda por vaga via Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross) em hospital especializado para realização da cirurgia desde o dia 16. “O hospital que estou já não tem mais o que fazer por mim, e só posso sair daqui com essa vaga, que está demorando demais para sair”, diz.
O G1 entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo sobre o caso do estudante, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.