Estudantes realizam ações para conscientizar sobre doação de órgãos em Porto Velho


A partir de segunda (28) serão feitas palestras, esclarecimentos de dúvidas e conteúdos criativos para a Campanha ‘Setembro Verde’. Ações para conscientizar sobre doação de órgãos serão realizadas a partir de segunda-feira (28)
Santa Casa de Formiga/Divulgação
Estudantes de enfermagem e medicina da Universidade Federal de Rondônia (Unir), em Porto Velho, estão realizando ações, ao longo do mês de setembro, para conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos.
Visando incentivar a doação, a Liga Acadêmica de Doação e Transplante de Órgãos e Tecidos de Rondônia (Ladot), com parceria da Central Estadual de Transplante de Rondônia, realiza todos os anos a Campanha “Setembro Verde” em alusão ao Dia Nacional de Doação de Órgãos (celebrado no dia 27).
Em anos anteriores, durante a campanha, os alunos da liga realizavam palestras em escolas e universidades, panfletagem, simpósios e apresentações culturais com o objetivo de esclarecer dúvidas acerca do transplante de órgãos. Este ano, por conta da pandemia da Covid-19, a campanha está sendo realizada virtualmente.
A partir de segunda-feira (28) serão realizadas palestras por meio de lives com conteúdos sobre diagnóstico de morte encefálica e sobre outras questões complexas a respeito do transplante.
Confira a programação da semana:
Segunda-feira (28/09)
– 18h30 – 19h15
Diagnóstico de morte encefálica
Palestrante: Dr. Rafael Lisboa
19h20 – 19h55
Manejo de más notícias e entrevista familiar
Palestrante: Enfª Erika Fernanda
20h – 20h30
Avaliação do doador vivo
Palestrante: Dr. Alber Pessoa
20h30 – 21h
A saúde mental dos pacientes na lista de espera
Palestrante: Psicóloga Maria do Socorro
Quarta-feira (30/09)
18h30 – 19h15
Situação da doação e transplante de órgão no Brasil durante a pandemia
Palestrante: Dr. Gláucio Souza
19h20 – 19h55
Impactos da Covid-19 no acompanhamento dos pacientes transplantados renais
Palestrante: Dr. Alessandro Prudente
20h – 20h30
“A última vez que morri”
Palestrante: Alexandre Barroso
Criação de conteúdos
Além das palestras, a Liga também está produzindo conteúdos criativos e informativos nas suas redes sociais. São postagens com dicas de filmes, documentários e séries com temáticas a respeito do transplante, além de esclarecimento de dúvidas e depoimentos de transplantados.
Liga criou campanhas informativas nas redes sociais sobre doação
Reprodução
“O objetivo da Liga é justamente fazer com que a temática de doação de órgãos e transplante acabe sendo algo comum a sociedade, e que seja esclarecedor. Buscando atuar nessa parte de uma educação continuada, tanto para estudantes da área de saúde, quanto também para os profissionais, mostrando que é importante também essas pessoas saberem sobre o tema e conversarem sobre o tema”, explicou o presidente da Ladot e acadêmico de medicina, Bruno Charliton.
Para participar das palestras é preciso realizar a inscrição disponibilizada nas redes sociais da Liga e seguir as instruções para receber o link da live.
“Quando podemos realizar essa primeira abordagem, plantar ali uma sementinha do que é a doação de órgãos e transplante de órgãos, é gratificante. Porque muitas pessoas que nunca tiveram contato e nunca teriam contato com um tema, acabam conhecendo o tema através da gente. E aí, eles têm uma nova visão sobre isso e acabam, de certa forma, mudando de opinião e acabam levando a informação adiante”, falou.
Panfletagem realizada pelos alunos no ano de 2019
Reprodução
*Estagiária do G1 Rondônia sob supervisão de Jônatas Boni.
Veja mais notícias sobre a doação de órgãos:
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”