Falsos corretores são flagrados vendendo lotes irregulares em área de proteção de Santa Isabel

Segundo o Creci, vendedores ofereciam terrenos de mil metros quadrados por R$ 30 mil. O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de São Paulo (Creci-SP) realizou neste sábado (17) uma blitz para a fiscalização de loteamentos irregulares na região de Santa Isabel. De acordo com o órgão, falsos corretores vendiam lotes em área de proteção sem a regulamentação e autorização da Prefeitura.
A ação foi feita em parceria com a administração municipal e teve o apoio da Polícia Ambiental. Um grupo de 20 agentes do Conselho se dirigiu ao local do loteamento, na Estrada Ouro Fino, em área de proteção de mananciais próxima ao Rio Paraíba do Sul.
Segundo o Creci, os fiscais conseguiram impedir que uma família fosse vítima de dois falsos corretores de imóveis. Eles haviam anunciado nas redes sociais a venda de terrenos de mil metros quadrados por R$ 30 mil com pagamento facilitado.
O anúncio já havia atraído outros compradores por combinar a beleza do lugar a um preço abaixo do real. O proprietário da área estava presente e, ainda segundo o Creci, disse que já tinha um contrato de gaveta por meio do qual negociava o terreno.
Quando chegaram ao local, os agentes encontraram a família conhecendo a área sem ter conhecimento do parcelamento irregular. Ao final da operação, os falsos corretores, o proprietário do lote e os compradores foram levados para a Delegacia de Santa Isabel.
Assista a mais notícias
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”