Família que visitava parentes em Chapecó se envolve em acidente com mortes em Blumenau

Uma van, com placas de Balneário Camboriú, que seguia viagem de Chapecó ao Litoral, se envolveu em um grave acidente com mortes na noite de domingo (27). A batida envolvendo um Palio, placas de Indaial, aconteceu na BR-470, em Blumenau, por volta das 22h45. Três pessoas morreram e outras 16 ficaram feridas.

Três pessoas morrem e 16 ficam feridas em acidente na BR-470 em Blumenau – Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

As três vítimas que morreram no local do acidente estavam no carro de passeio. No carro estava ainda uma pessoa que ficou em estado grave. Na van estavam 19 pessoas, dessas, 16 foram atendidas e encaminhas para os hospitais da região.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Blumenau, o Palio trafegava no sentido de Blumenau para Indaial quando o motorista perdeu o controle do veículo, rodou na pista e bateu de lado contra a frente da van, que seguia no sentido contrário. Os Bombeiros determinaram a dinâmica do acidente de acordo com relatos do motorista da Van, Valmor Vieira, de 49 anos.

No carro estavam duas mulheres no banco traseiro que foram ejetadas. Uma delas, de 21 anos, morreu no local. A outra foi socorrida em estado grave e conduzida ao Hospital Santo Antônio. Nos bancos dianteiros estavam dois homens que morreram na hora. Os corpos foram recolhidos pelo IGP (Instituto Geral de Perícias) e encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) de Blumenau.

A van que deslocava ao Litoral saiu de Chapecó com 19 pessoas, dessas, 16 ficaram feridas com a batida – Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

A esposa do motorista da van, Rosimar Vieira, contou à reportagem do ND+ que não estava no veículo, mas que mantinha contato com o marido para saber como estava a viagem, que transcorria normalmente até o momento do acidente.

“Ele vinha de Chapecó, foi levar uma família para visitar uns parentes que estavam doentes e estavam voltando, já estava bem pertinho. Eles tinham tomado um café e estava tudo bem até àquela hora, mas ele está muito abalado, está muito difícil, até tive que levar ele para o hospital de madrugada. Ele disse que o caro rodou na pista e não teve como desviar”, contou Rosimar.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”