Festa de Adriano com Djalminha e Edmundo vira caso de polícia. Entenda!

Uma festa na casa de Adriano Imperador não foi recebida de forma positiva pelos vizinhos do condomínio onde o ex-jogador mora, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O evento, que começou no sábado à tarde, terminou apenas no domingo à noite.

Edmundo, Adriano e Djalminha na festa – Reprodução – Foto: Reprodução Instagram

Em imagens divulgadas por convidados em redes sociais é possível ver a participação de outros dois ex-jogadores da Seleção Brasileira: Edmundo e Djalminha. O episódio pode acabar mal para o ex-artilheiro. Isso porque Adriano Imperador deve responder por perturbação do sossego.

Leia também

5 a 2 para o Leicester: relembre as maiores goleadas sofridas por Guardiola
Paquetá no Lyon vai render mais de R$ 5 milhões ao Flamengo

Os vizinhos reclamaram da música, que se alternava entre pagode e funk. Mas a festa seria apenas mais um episódio envolvendo a irritação dos vizinhos com o ex-atacante. Segundo informações da “Rede Record de Televisão” o livro de reclamações do condomínio é recheada de reclamações contra o atacante. Assim os vizinhos vão pedir que ele responda por perturbação do sossego.

Perturbação do sossego é crime e pode causar inclusive prisão, que varia de 15 dias a três meses. Além disso pode acarretar o pagamento de uma multa.

Adriano não se posicionou sobre o episódio. Assim como Edmundo e Djalminha, que eram apenas convidados. Entretanto em algumas postagens em redes sociais o evento é tratado como um “encontro entre famílias”.

No período de pandemia tem sido recomendado o isolamento social e que as pessoas evitem aglomerações. Mas segundo informações de vizinhos a festa do Imperador contava com cerca de cem convidados.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.