Fiscalização orienta comércios de Campinas e flagra pessoas sem máscara na rua; homem recusa equipamento e é multado


Ação percorreu o Centro e autuou pedestres que circulavam sem máscara. Fase verde não significa fim da pandemia do coronavírus e regras continuam em vigor, alertam autoridades. Fiscalização da prefeitura de Campinas flagra irregularidades sanitárias no comércio
Uma ação integrada de órgãos da Prefeitura de Campinas (SP) fiscalizou, na manhã desta quarta-feira (14), o cumprimento das normas de proteção durante a pandemia do novo coronavírus nas ruas e comércios do Centro. Pedestres flagrados sem máscara foram autuados pela Guarda Municipal e um homem chegou recusar o equipamento de proteção oferecido pelos fiscais.
A ação reuniu servidores da Defesa Civil, Guarda Municipal, do Departamento de Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal de Urbanismo, Setec e do Procon. Os cerca de 30 fiscais partiram da Catedral Metropolitana por volta de 9h.
A fiscalização ocorreu também para alertar a população de que o fato de Campinas estar na fase verde do Plano São Paulo não significa o fim das regras para combate ao novo coronavírus. Segundo a prefeitura, o número de denúncias é grande.
“Existe uma sensação de que houve uma liberação geral. Eu acho que isso é muito preocupante, isso é muito grave”, afirma o diretor da Defesa Civil, Sidnei Furtado.
“A gente costuma reunir estar denúncias e também porque a gente escolhe regiões em que o número de casos é bastante grande para trabalhar”, completa a diretora da Devisa, Andrea von Zuben.
Diretor da Defesa Civil de Campinas, Sidnei Furtado participa de fiscalização no Centro
Johnny Inselsperger/EPTV
Dentre os vários comércios visitados, em uma loja de roupas foi constatado que não havia controle do número de clientes. Já em uma loja de lingerie, funcionários foram orientados sobre a procedência do álcool em gel destinado aos clientes.
Outra orientação foi a troca das fitas coladas no chão para organizar as filas e garantir o distanciamento. “Essas fitas se desgastam com o decorrer do tempo, então tem que sempre trocar para que as pessoas obedeçam o distanciamento nos locais de pagamento, que podem gerar aglomeração”, explica a fiscal e farmacêutica Cinara Bernardi.
Em uma loja de celulares, a falta de distanciamento dos clientes foi pontuada pelos fiscais.
Multas por falta de máscara
Fiscais da Defesa Civil e guardas municipais também monitoraram pedestres que passaram pela Rua Treze de Maio, principal corredor comercial do Centro, sem máscaras ou com o equipamento de proteção individual mal colocado.
Um homem que estava sem a máscara recusou a oferecida pelo agente da Defesa Civil e em seguida foi multado pela Guarda Municipal. Assim como ele, outras pessoas também receberam autuação, que é de R$ 100 e começou a ser aplicada em 19 de agosto na cidade.
Até esta publicação, a prefeitura não havia passado balanço de autuações e comércios fiscalizados durante a manhã desta quarta-feira.
Homem é multado por não usar máscara no Centro de Campinas
Johnny Inselsperger/EPTV
Assista a outras reportagens do EPTV 1
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”