Florianópolis multa estabelecimentos por descumprimento de regras contra a Covid-19


Dos 22 estabelecimentos vistoriados, três foram multados. Força-tarefa tenta conter contágio acelerado da doença na Capital. Vigilância Sanitária de Florianópolis faz multa estabelecimento após descumprimento de regras contra a Covid-19
PMF/Arquivo/Divulgação
A força-tarefa montada para combater aglomerações e desrespeito às medidas de prevenção contra a Covid-19 em Florianópolis aplicou três multas em estabelecimentos na noite de sexta-feira (30). Agentes da Vigilância Sanitária e da Guarda Municipal (GMF) participaram da ação.
Desde o início da pandemia a cidade registrou 19,9 mil casos de Covid-19. O número de mortes chegou a 161 na noite de sexta, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Nesta manhã de sábado (31), a taxa de ocupação dos leitos para adultos na cidade é de 88,42%.
Dos 22 locais fiscalizados, os agentes encontraram irregularidades como falta de distanciamento entre mesas, uso incorreto das máscaras e aglomeração. A multa pelas infrações é de R$ 2.500 e pode chegar a R$ 500 mil, caso não ocorra correções.
As fiscalizações aconteceram no bairros Ingleses e Jurerê, no Norte da Ilha, e também no Centro e região continental da cidade. Restaurantes e bares foram inspecionados.
Ao longo do fim de semana e feriado de Finados, na segunda-feira (2), 80 agentes da GMF vão fiscalizar os locais na cidade, incluindo as praias, que são mais de 40.
Praia do Rosa em Imbituba teve registro de aglomerações no feriadão
Foto: Reprodução Redes Sociais/NSC
Risco grave
Florianópolis está em uma das oito regiões com risco grave para transmissão do coronavírus no Estado. Em uma semana, os casos ativos na Grande Florianópolis cresceram 23,10%, segundo um levantamento feito pela NSC. Os dados são referente aos números de quinta-feira (29).
Nos últimos fins de semana, houve quem levou cadeira de praia e ficou na faixa de areia, o que é proibido. Apenas atividades físicas e a pesca são permitidas e com uso de máscara.
Santa Catarina vai reforçar a fiscalização para inibir as aglomerações durante o feriado
Outras cidades litorâneas
Além de Florianópolis, ao menos outras duas cidades do litoral catarinense anunciaram que vão intensificar a fiscalização. O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) também fez recomendações após registro de aglomerações, como na Praia do Rosa.
Imbituba: Município publicou um decreto com todas as medidas que foram acordadas com o MPSC. Quem for à praia pode tomar banho de mar e fazer esportes individuais, mas tomar sol e ficar na areia por lazer estão proibidos. Está proibido levar caixas de isopor, bebidas, cadeiras e caixas de som para a praia. Ambulantes não podem mais trabalhar no local.
Balneário Camboriú: MPSC também recomendou que a prefeitura contenha a aglomeração no feriadão de finados. Como resposta, a prefeitura irá distribuir máscaras e álcool em gel em vários pontos da cidade, inclusive na Praia Central, e a fiscalização será intensificada.
Veja as notícias do NSC Notícias
Veja mais notícias do Estado no G1 SC
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.