Fora de contexto

Dia 11 de novembro o STF irá decidir com base em uma ação do PSOL, se as escolas de todo o Brasil serão obrigadas a ensinar ideologia de gênero às criancas. Tema que acabou se concentrando em sexualidade nas escolas, numa completa distorção de sua essência. Com isso provocou reações em defesa dos valores da família, com o temor de induzir as crianças a homossexualidade. Onde homem e mulher não estão na questão biológica, mas na cultura da sociedade. Há uma total deturpação pessoas agarradas em siglas partidárias fazem de seus delírios uma realidade. Não se pode negar os aspectos biológicos. O uso correto da idelogia de gênero não se concentra na sexualidade, discute valores, aborda diferenças e poderes estabelecidos entre homens e mulheres, e sua importância na igualdade. Mas acabou sendo adaptada outros interesses ideológicos complemente fora de questao, e condenáveis. Caberá ao STF corrigir esse rumo tortuoso.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.