Franca, SP, confirma mais 3 mortes e 43 novos casos de Covid-19; ocupação de UTIs é de 65%


Vítimas mais recentes tinham entre 32 e 72 anos. Cidade totaliza 167 óbitos e 7.126 pacientes infectados. Reprodução em 3D do modelo do novo coronavírus (Sars-CoV-2) criada pela Visual Science
Reprodução/Visual Science
A Prefeitura de Franca (SP) confirmou mais 43 casos de Covid-19 e três mortes em boletim epidemiológico divulgado na noite de quinta-feira (15).
As vítimas mais recentes da doença são homens de 32, 67 e 72 anos – o mais jovem deles tinha outras doenças associadas.
Com a atualização, a cidade totaliza 167 mortes entre 7.126 pacientes infectados desde o início da pandemia. Outros 2.752 se recuperaram da doença.
Franca disponibiliza 3 mil testes de Covid-19 para crianças entre 5 e 12 anos
A Secretaria de Saúde já descartou 9.616 suspeitas em testes negativos para o novo coronavírus. Outras 848 pessoas ainda estão em avaliação.
A maior incidência da Covid-19 se concentra em trabalhadores do comércio (15,5%) e da saúde (14,8%), e em pessoas entre 30 e 39 anos – com 1.601 registros – e de 20 a 29 anos – com 1.358. Diabetes, hipertensão e cardiopatia são as comorbidades mais associadas ao Sars-Cov-2. Do total de infectados, 51% são mulheres e 49%, homens.
Entenda como funciona a média móvel em casos do novo coronavírus
Ocupação de leitos
A taxa de ocupação de UTIs nas redes pública e privada subiu de 60% para 65%, de acordo com o boletim da Prefeitura, com 35 leitos em utilização entre 54 disponíveis.
Na Santa Casa, hospital de referência no atendimento pelo SUS na região de Franca, 24 das 37 vagas disponíveis para adultos estavam ocupadas.
O município ainda conta com outros cinco leitos de UTI infantil para crianças, todos livres desde 5 de setembro.
Dos 63 leitos de enfermaria, 20 estavam com pacientes até a noite de terça-feira, com uma taxa de ocupação de 32%.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”