Funcionário da Caixa é preso no Leblon, Rio, suspeito de fraudar o auxílio emergencial

Investigação também apontou que o funcionário desviou verbas cartorárias da Caixa para pagar contas pessoais. Policiais federais prenderam em flagrante no Leblon, Zona Sul do Rio, um funcionário da Caixa Econômica Federal suspeito de fraudar o auxílio emergencial pago pelo governo a pessoas em situação vulnerável durante a pandemia de Covid-19.
A investigação também apontou que o funcionário desviou verbas cartorárias da Caixa para pagar contas pessoais. A prisão ocorreu na tarde desta terça-feira (13).
Participou da ação o Núcleo de Inteligência da Caixa, que, junto com a PF, já investigava o servidor desde o pagamento da 1ª parcela do auxílio. Na época, foram percebidas algumas movimentações suspeitas.
O homem foi levado à Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio, na Praça Mauá, onde será oficializada a prisão por desvio de verbas do auxílio emergencial.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.