Furtos aumentam em Sarapuí e preocupam moradores


De acordo com a PM, no mês de agosto foi registrado um aumento de aproximadamente 22% no número de furtos, se comparado com o mesmo mês de 2019. Moradores de Sarapuí se preocupam com onda de furtos
O número de furtos em Sarapuí (SP) aumentou e a criminalidade tem preocupado os moradores da “Cidade da Paz”, como o município é conhecido.
De acordo com a Polícia Militar, no mês de agosto foi registrado um aumento de aproximadamente 22% no número de furtos, se comparado com o mesmo mês de 2019.
Onda de furtos preocupa moradores de Sarapuí (SP)
Reprodução/TV TEM
Anderson Campos foi uma das vítimas e percebeu que teve a casa furtada ao voltar do trabalho. Os criminosos levaram um notebook, videogame e dinheiro e os objetos não foram recuperados.
“Aqui é a ‘Cidade da Paz’, mas não estamos tendo paz. Voltei do trabalho e encontrei minha casa toda bagunçada. Achei que eram meus gatinhos, mas a minha casa havia sido furtada”, conta.
Onda de furtos preocupa moradores de Sarapuí
Reprodução/TV TEM
Outro furto registrado no município foi o do centro catequético da Comunidade São João Batista. Os criminosos invadiram o local, quebraram vidros, reviraram a despensa e levaram uma mangueira.
“Tinha bastante bagunça, copinho, pratinho, papel, muita coisa”, diz a empregada doméstica Josefina do Carmo, que foi chamada para fazer a limpeza do local após o crime. “Se estão roubando até igreja, vão roubar o que mais?”.
Paróquia fez post nas redes sociais e relatou sobre o furto
Reprodução/Facebook
Após o furto, a paróquia fez uma postagem nas redes sociais e pediu por mais segurança no município.
“O que podemos fazer juntos para sanar este grave problema em nossa cidade?”, questionou a publicação.
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse em nota que os roubos de veículos diminuíram na cidade, mas não explicou sobre os furtos em igrejas e residências.
Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”