GCM é detido suspeito de fornecer armas para quadrilhas no interior de SP

Um guarda foi preso em Americana após ser flagrado por policiais civis do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) com um arsenal de armas de fogo no porta-malas de um carro de luxo. Segundo a Polícia, Fernando Vecchi Arcanjo, de 40 anos, dirigia um Camaro quando foi interceptado. Os investigadores apuram uma denúncia de que o suspeito seria fornecedor de quadrilhas envolvidas com roubos.

O delegado João Carlos Miguel Hueb, da 5º Delegacia de Roubo a Bancos, indica como agia o suspeito. “Havia um individuo na cidade que locaria armas de fogo de calibre restrito com poder de alta destruição e venderia as munições para quadrilhas especializadas em roubo a banco e carros-fortes”, disse. Ao todo foram apreendidas 31 armas entre fuzis, pistolas, espingardas e garruchas. A polícia não descarta hipótese do GCM fazer parte de uma organização criminosa.

O GCM deve responder por porte ilegal de arma de uso restrito. Em nota, a assessoria da Prefeitura diz que a Guarda não foi informada sobre o caso, mas que vai apurar a questão para tomar internamente as medidas cabíveis, se houver necessidade. A corporação acrescenta que não aceita práticas criminosas por seus servidores.

*Com informações do repórter Daniel Lian

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”