Golpista aluga carro de motorista por aplicativo na Paraíba, não devolve e vende o veículo em Maceió


Homem que furtou o carro ganhou confiança do motorista durante corridas por aplicativo. Carro de motorista de aplicativo foi furtado na Paraíba e vendido em Alagoas
Divulgação/Polícia Civil de Alagoas
A Polícia Civil de Alagoas divulgou nesta sexta-feira (16) que recuperou um carro furtado de um motorista por aplicativo na cidade de Campina Grande, na Paraíba. O carro foi alugado na Paraíba, não foi devolvido e foi vendido em Maceió por R$ 10 mil. A pessoa que comprou o carro não sabia que o veículo era roubado, mas descobriu no sistema Sisnep Cidadão que havia uma queixa de roubo e resolveu procurar a polícia.
O Sisnep Cidadão é um aplicativo do Ministério da Justiça e Segurança Pública que possibilita acesso a consultas sobre mandados de prisão, veículos com restrições (roubo e furto), pessoas desaparecidas e procurados pela Justiça.
e não foi devolvido. O homem que deu o golpe no motorista da Paraíba vendeu o veículo em Maceió por R$ 10 mil. A pessoa que comprou o carro verificou que havia uma queixa de roubo no sistema Sisnep Cidadão e resolveu procurar a polícia.
Segundo a polícia, o homem que furtou o carro do motorista por aplicativo fez várias corridas como cliente e sempre pagava mais do que o contratado, uma forma de ganhar a confiança do motorista. O cliente dizia que era funcionário federal e depois de conquistar a confiança do motorista por aplicativo alugou o carro, um Cross Fox ano 2012/2013 por três dias.
O combinado era o carro ser alugado no dia 6 de outubro e devolvido no dia 9, mas não houve a devolução. Então o dono do carro procurou a Polícia da Paraíba, registrou um boletim de ocorrência por furto. A denúncia foi para o sistema de alerta instantâneo da Polícia Rodoviária Federal, o Sinal.
O golpista vendeu o carro furtado na Paraíba em Maceió por R$ 10 mil. O comprador não sabia que o carro tinha sido fruto de crime. Ao verificar no Sinesp Cidadão, descobriu o registro de furto do veículo.
Com dúvidas sobre a procedência do carro, o comprador de Maceió procurou a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e a Gerência de Estatística e Informática (Geinfo). Os policias constataram, com o apoio do Ministério da Justiça, que havia o registro do crime no sistema Sinal da PRF.
A polícia confirmou para o comprador que o carro havia sido furtado e apreenderam o veículo, que já foi devolvido para o proprietário na Paraíba.
Por também ter sido vítima de um golpe, o comprador registrou boletim de ocorrência em Maceió.
A Polícia de Alagoas apurou que o autor dos golpes utiliza pelo menos quatro identidades diferentes.
Veja os vídeos mais recentes do G1 AL
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”