Golpistas que se passavam por fiscais da Receita são presos com R$ 1 milhão após furtar empresário em MT


Dinheiro em espécie foi furtado da vítima em São José do Rio Claro e apreendido em Várzea Grande. Dinheiro em espécie foi furtado da vítima em São José do Rio Claro e apreendido em Várzea Grande
Polícia Militar de Várzea Grande
Dois golpistas foram presos com R$ 1 milhão em espécie depois de tentarem aplicar um golpe e furtar o dinheiro de um empresário em São José do Rio Claro, a xx km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos foram abordados nessa sexta-feira (20) quando fugiam em um carro pela Rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.
Segundo a PM, os suspeitos se passavam por servidores da Receita Federal e foram presos por furto e corrupção ativa.
Os policiais conseguiram abordar o veículo na rodovia e encontraram dois pacotes grandes de dinheiro embaixo do banco traseiro do automóvel.
Os suspeitos confessaram que tentaram aplicar um golpe na casa do empresário.
Eles contaram que tentavam negociar com a vítima a entrega de equipamentos de fibra óptica apreendidos em um suposto leilão da Receita Federal. Os suspeitos marcaram um encontro com o empresário para negociar o pagamento dos equipamentos.
Os golpistas também ofereceram R$ 900 mil à polícia para não serem presos. A vítima confirmou que sofreu um golpe e teve o dinheiro furtado pela dupla.
Os suspeitos foram encaminhados à Central de Flagrantes da Polícia Militar. O empresário afirmou que pode comprovar a origem do dinheiro e enviou um advogado para acompanhar os policiais na delegacia.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.