Governo de SC se defende de investigação sobre compra de respiradores

O governo de Santa Catarina disse que em nota que “apoia todas as investigações necessárias para apurar eventuais irregularidades no processo de compra de respiradores”.

O governador Carlos Moisés, do PSL, é investigado pela compra emergencial de respiradores pulmonares no valor de 33 milhões de reais pagos com possível sobrepreço e desrespeito às regras para dispensa de licitação.

No início da manhã de hoje, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na Casa d’Agronômica e no Centro Administrativo, em Florianópolis, no âmbito da Operação Pleumon.

Na nota, o Estado afirma que foram entregues um celular e um computador que “já́ haviam sido oferecidos previamente à investigação na data de 1º de julho”.

O comunicado termina dizendo que o apoio às investigações não é apenas formal, “já́ que foi o próprio governador do Estado quem determinou, em 23 de abril, o inicio das investigações pela Policia Civil”.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”