Governo federal segue exemplo do Paraná, diz Romanelli

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (foto) disse nesta terça-feira, 18, que o “governo federal, felizmente, segue o exemplo do Paraná, ao liberar recursos para a criação de programa para garantir internet a 400 mil estudantes pobres e viabilizar acesso ao ensino remoto”.

O Primeiro-secretário da Assembleia Legislativa lembra que a Assembleia Legislativa já repassou R$ 1,5 milhão para as sete universidades estaduais comprarem equipamentos e pacotes de internet aos estudantes. “A Assembleia Legislativa se antecipou para que os alunos sem acesso à internet ou equipamentos possam estudar, de forma remota, sem prejuízo aos estudos. O governo federal levou cinco meses para identificar essa necessidade”, disse.

O deputado destaca que as universidades paranaenses já receberam o recurso e parte delas já comprou e entregou os equipamentos. “São celulares, notebooks ou tabletes que são emprestados aos estudantes que não podem acompanhar as aulas online por falta de equipamento ou sinal de internet”.

No Paraná, as universidades estaduais também recebem equipamentos e aparelhos celulares apreendidos pela Receita Federal para ceder aos estudantes.

UniversidadesO programa anunciado pelo Ministério da Educação vai permanecer enquanto durarem as medidas de combate à pandemia do coronavírus, previstas até dezembro deste ano.Apenas os estudantes das universidades ou instituto federal serão atendidos. No caso dos alunos do ensino médio, o MEC não conta com nenhum programa neste sentido e, por isso, eles não serão atendidos pela iniciativa.

Ao todo serão R$ 24 milhões investidos no pagamento de pacotes de dados de internet, de 5GB a 40GB, para estudantes. O
s critérios adotados não foram esclarecidos. Mas, segundo o MEC, serão atendidos os alunos mais carentes, com renda familiar de até meio salário mínimo per capita. Das 69 universidades federais, 25 já estão em aulas remotas.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”