Governo programa retomada das aulas presenciais e liberação de visitas aos presídios para outubro


Secretários não deram datas de quando medidas serão colocadas em prática. Estado tem, atualmente, 66.865 diagnósticos de coronavírus e o número de mortes chegou a 922. Reunião do comitê de crises do governo por webconferência
Governo do Tocantins/Divulgação
O governo do estado anunciou nesta segunda-feira (28) que está prevendo a retomada gradativa das aulas presenciais em outubro. A retomada vem sendo adiada desde agosto. Também a partir do próximo mês deverão ser liberadas visitas de parentes e advogados de presos. Os assuntos foram debatidos durante reunião do Comitê de Crise para Prevenção da Covid-19 com o governador Mauro Carelesse (DEM).
O estado teve 164 novas confirmações de Covid-19 nesta segunda-feira. De acordo com o boletim estadual, o Tocantins passou a somar 66.865 diagnósticos e o número de mortes subiu para 922.
As aulas presenciais em todo o estado estão suspensas desde o dia 13 de março. A retomada gradativa inicialmente estava prevista para agosto, mas devido aos crescentes índices da Covid-19, acabou sendo adiada para setembro e novamente não aconteceu.
Desta vez, mesmo sem dar um prazo, a secretária de educação, Adriana Aguiar, deu uma previsão de que ainda em outubro os alunos voltem às aulas presenciais. Segundo ela, o protocolo com as medidas de segurança está pronto e será revisado com a área da saúde.
“Ainda não posso precisar uma data, mas é certo que, já no mês de outubro, vamos retornar às aulas presenciais também de forma gradual; assim como fizemos na modalidade não presencial, observando todos os protocolos de segurança”, afirmou.
Entre as medidas do protocolo, são discutidas questões de segurança no transporte escolar e disponibilização de equipamentos de proteção individual (EPIs), tanto para os alunos quanto aos servidores, a higienização das escolas e garantia da merenda escolar.
Os alunos do 3º ano devem ser os primeiros a retornar. “Com a retomada das aulas não presenciais, desde o dia 29 de junho para os alunos do 3º ano, conseguimos assegurar a todos eles a conclusão do ano letivo 2020 ainda este ano, de forma que suas carreiras não sejam prejudicadas. E eles também serão os primeiros a retornar na modalidade presencial, e sucessivamente as demais séries”, afirmou.
Visitas aos presídios
Outro tópico discutido durante o encontro foi a retomada das visitas aos presos. A entrada nas unidades está suspensa desde março e a medida vem sendo prorrogada pelo governo durante a “operação Lockdown nos presídios”. Desde então os contatos estão sendo feitos por telefone ou webconferência.
O secretário da Cidadania e Justiça (Seciju), Heber Luís Fidelis, informou que também em outubro haverá a retomada de forma gradativa, inicialmente a cada 30 dias. Ele afirmou que houve contágio de 469 presidiários e hoje o número de novos casos é quase zero.
“Vamos retomar as visitas, tanto dos familiares quanto dos advogados e defensores públicos, com todos os protocolos de segurança, de aferir a temperatura, uso de EPIs e distanciamento. Inicialmente a cada 30 dias, com muita calma e cuidados com os nossos privados de liberdade”, afirmou.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”