Governo refaz as contas e agora estima rombo R$ 16 bilhões menor em 2020

O governo reduziu em R$ 16,4 bilhões a projeção para o deficit nas contas públicas neste ano. A nova estimativa é de rombo de R$ 844,5 bilhões. Em setembro, a previsão era de resultado negativo de R$ 861 bilhões.

Os dados revisados foram divulgados nesta 6ª feira (20.nov.2020) pelo Ministério da Economia. Eis a íntegra (1 MB).

O novo cálculo considera retração de 4,5% para o PIB (Produto Interno Bruto) em 2020, última estimativa divulgada pela equipe econômica.

A previsão de receita foi revisada para R$ 1,19 trilhão (valor que supera em R$ 4,7 bilhões a previsão anterior). Já a projeção para as despesas foi reduzida em R$ 11,7 bilhões, para R$ 2 trilhões.

Com relação às despesas, a equipe econômica destacou a economia de R$ 9,441 bilhões com o Bolsa Família. Muitos beneficiários do programa optaram pelo auxílio emergencial, de maior valor. Isso aliviou o orçamento do programa social.

Apesar da melhora esperada, o deficit ainda será o pior resultado da série histórica, iniciada em 1997. A cifra inclui a diferença entre as receitas e despesas do governo central (Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social), sem considerar o pagamento dos juros da dívida pública.

O rombo, se confirmado, corresponde a 11,7% de tudo que é produzido pela economia em 1 ano.

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.