Homem vai até a delegacia reclamar que ex-mulher não permitia contato com filhos e acaba preso por violência doméstica


Polícia descobriu que ele estava foragido desde 2019 quando teria agredido a companheira. A prisão preventiva dele já tinha sido decretada. Caso foi em Colméia, na região norte do Tocantins
Divulgação/Prefeitura de Palmas
A Polícia Civil de Colméia, na região norte do Tocantins, prendeu nesta sexta-feira (16) um homem de 39 anos que estava foragido há mais de um ano acusado de violência doméstica. O curioso é que o suspeito foi espontaneamente até a delegacia para apresentar uma denúncia contra a mulher que ele teria agredido. A alegação dele é que ela não estava permitindo a convivência dele com os filhos.
O nome do suspeito não foi divulgado. A Secretaria de Segurança Pública informou que ele foi até a 45ª Delegacia de Polícia pela manhã. Durante o registro da ocorrência contra a mulher os policiais consultaram a ficha criminal do homem que estava no local, como é praxe nestas situações. Foi quando encontraram o mandado de prisão em aberto.
As agressões teriam ocorrido durante a separação do casal, em 2019. Ele teve a prisão preventiva decretada na época porque a Justiça entendeu que a mulher poderia estar em risco. Não foram divulgados detalhes de como foram as agressões. O homem foi levado para a Cadeia Pública de Colméia, para aguardar audiência de custódia.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”