Homens se passam por donos de fazendas e são presos ao tentar fazer transferência de propriedades, diz polícia


Eles apresentaram documentos falsos no cartório de Caseara. A dupla confessou o crime. Suspeitos usavam documentos falsos
Divulgação/Polícia Militar
Dois homens de 31 e 64 anos foram presos por uso de documentos falsos e falsidade ideológica em Caseara, na região central do Tocantins. De acordo com a Polícia Militar (PM), eles foram flagrados em um cartório tentando fazer, de forma ilegal, a transferência de duas propriedades rurais.
As prisões foram nesta segunda-feira (26). A polícia informou que eles foram à unidade com documentos falsos e se passaram por proprietários das fazendas. Além das transferências, eles queriam fazer um contrato de prestação de serviço.
A PM foi ao local e, durante a abordagem foram identificados pistas de falsidades nos documentos pessoais apresentados pela dupla. No momento em que os policiais começaram a fazer a checagem eles confessaram o crime.
Os homens disseram ainda que desde a última sexta-feira (23) tentavam legalizar os documentos em cartórios da região.
Após serem detidos, os homens foram levados à Central de Flagrante de Paraíso do Tocantins, onde foram autuados pelos dois crimes.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.