Hospital de SC busca voluntários para vacina contra Covid-19

O Hospital São José, em Criciúma, no Sul catarinense, começou a cadastrar voluntários para testes com a vacina do grupo Johnson & Johnson contra a Covid-19.

Os voluntários precisam ter mais de 18 anos e estar em bom estado de saúde. Uma das restrições é que a pessoa não tenha recebido doses de outras vacinas contra essa doença.

Hospital de SC inicia cadastro de voluntários para teste de vacina contra a Covid-19 – Foto: Divulgacão/Paulo Alceu

Os participantes escolhidos receberão assistência médica relacionada ao estudo e à vacina experimental ou placebo, sem nenhum custo. Para receber mais informações, o candidato deve mandar e-mail para pesquisa@hsjose.com.br com seu nome completo e telefone de contato.

A vacina

A vacina da Johnson & Johnson utiliza um adenovírus modificado para induzir o sistema imune a se proteger contra o SARS-CoV-2. Essa é a terceira fase do estudo, que contará com 7 mil voluntários no Brasil e 60 mil pelo mundo.

No início de outubro os testes com a vacina foram paralisados. A suspensão foi motivada pelo surgimento de uma doença inexplicável em um dos participantes do estudo, informou a farmacêutica em comunicado.

O cadastro de voluntários foi retomado nos Estados Unidos após o conselho independente do Comitê de Monitoramento de Dados de Segurança não encontrar relação entre a doença apresentada pelo voluntário e a vacina.

No Brasil, a retomada dos estudos com a vacina depende da liberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Antes da interrupção, 12 voluntários brasileiros, todos do Rio de Janeiro, haviam recebido a dose da vacina ou placebo.

Ao todo, quatro vacinas têm autorização da Anvisa para a realização de testes no país. Duas delas — Oxford e Coronavac — têm acordos para a transferência de tecnologia, algo importante para que a produção da vacina seja completamente internalizada e se torne nacional.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.