Índio Karajá morre ao se afogar em lago de Britânia


Segundo o Corpo de Bombeiros, Euler Martins Vieira, de 41 anos, estava nadando com amigos quando se afogou e não foi mais visto. Índio da tribo Karajá morre afogado em lago de Britânia
O Índio da tribo Karajá, Euler Martins Vieira, de 41 anos, morreu afogado quando tomava banho com os amigos no Lago dos Tigres, na cidade de Britânia, na região noroeste de Goiás.
O afogamento aconteceu no sábado (26). De acordo com a sobrinha de Euler, Vanda Narubia Arumoni, 30 anos, ele sabia nadar e costumava ir ao local aos fins de semana para se refrescar.
“O que sabemos é que ele mergulhou duas vezes e na terceira não voltou mais para a superfície. Estamos muito assustados. Minha ficha ainda não caiu”, disse.
Segundo o Corpo de Bombeiros de Araunã, responsável pelos atendimentos em Britânia, os militares receberam o chamado por volta das 18h e levaram cerca de 1 hora até chegar ao local. Ainda segundo a corporação, o corpo só foi encontrado cerca de quatro horas depois pelos próprios familiares.
“Esse lago têm variações de profundidade. O local onde o corpo estava, possui cerca de 6 metros. Como não temos uma equipe náutica, nós fizemos o primeiro atendimento, que é procurar pelas margens e em locais mais rasos. Vimos que não era possível mergulhar, acionamos nossa equipe de mergulhadores de Goiânia e retornamos ao quartel. Durante a noite recebemos a informação de que a própria família conseguiu resgatar o corpo com a ajuda de uma vara de pescar”, contou o tenente Rodrigo Curado Camargo.
Segundo a família, o corpo de Euler foi encontrado por volta das 21h de sábado e enterrado no domingo (27), na Aldeia Bdé-buré, em Aruanã.
Euler Martins Vieira morreu afogado no lago dos Tigres, em Britânia, Goiás
Reprodução/TV Anhanguera
Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
VÍDEOS: as últimas notícias sobre Goiás
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”