Inglaterra aplicará multa de até R$ 71 mil para quem furar quarentena

Preocupada com a segunda onda de Covid-19 que atinge a Europa, a Inglaterra decidiu que aplicará multas de até 10 mil libras (na cotação atual, cerca de R$ 71 mil) para quem não cumprir a quarentena exigida pela autoridades após testar positivo para o novo coronavírus ou ter entrado em contato com alguém infectado. A medida, que passa a valer a partir desta segunda-feira, 28, visa diminuir o contágio entre os ingleses – o país está registrando cerca de 6 mil casos diários nas últimas semanas. As multas pelo não cumprimento da quarentena começam em 1 mil libras (cerca de R$ 7 mil), mas podem aumentar para 10 mil libras para os reincidentes.

De acordo com o governo, a polícia vai realizar verificações aleatórias e contará também com os “serviços secretos locais”, vizinhos que podem denunciar pessoas que não estejam cumprindo o isolamento. Essas multas serão aplicadas apenas na Inglaterra, mas o governo central está confiante de que as outras regiões britânicas – Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte – podem tomar medidas semelhantes. Nesses países, a situação segue um pouco mais controlada.  Segundo essas regras, uma pessoa com sintomas do novo coronavírus ou com resultado positivo deve ser isolada por dez dias, mas as autoridades sanitárias indicaram que o percentual de pessoas que cumpriram esta quarentena é muito baixo. Na semana passada, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, ordenou o fechamento de bares e restaurantes a partir das 22h (hora local) e reforçou a obrigação do uso de máscaras dentro de lojas e transportes, por conta do aumento das infecções no Reino Unido.

*Com informações da Agência EFE

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”