Jacaré que apareceu em praia de Salvador recebe chip de monitoramento e é devolvido à natureza; VÍDEO


Soltura aconteceu nesta sexta-feira (16). Praia onde animal foi encontrado fica perto do Rio Jaguaribe. Jacaré que foi encontrado na praia de Jaguaribe é solto em parque
O jacaré que apareceu na praia de Jaguaribe, em Salvador, foi devolvido à natureza nesta sexta-feira (16), segundo o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).
Um chip de monitoramento foi implantado no animal, que é da jacaré-anão, e ele foi levado para o Parque Sauípe, que fica dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) do Litoral Norte, em Mata de São João.
O jacaré foi resgatado na quinta-feira (15), pela Guarda Civil e agentes da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) da Polícia Militar. A praia onde o animal foi encontrado fica perto do Rio Jaguaribe, na região conhecida como Terceira Ponte, e é bastante frequentada por banhistas. Foram pessoas que passavam pelo local que chamaram a guarda e a polícia.
Jacaré que apareceu em praia de Salvador é devolvido à natureza em área ambiental
Inema/Divulgação
De acordo com o Inema, a área escolhida para soltura foi o Parque Sauípe por ter ocorrência da espécie, possuir habitats propícios para desenvolvimento do animal, como lagoas, áreas de brejo e remanescentes de Mata Atlântica. Além disso, também é um Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA), dando mais garantia de preservação do ambiente e do réptil.
Inicialmente, a Guarda Civil Municipal tinha informado que o jacaré era da espécie Coroa, que tinha dois metros de cumprimento e 30 kg. No entanto, após avaliações, o Inema disse que o animal é um macho da espécie jacaré-anão, que tem 1,60 metro e pesa 27,5 kg.
Jacaré com mais de dois metros de comprimento é encontrado na praia de Jaguaribe
Segundo o médico veterinário e coordenador do Centro de Triagem do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Vinícius Dantas, o aparecimento do jacaré em perímetros urbanos é comum, principalmente em locais que ficam perto de lagoas ou rios, como é o caso da praia de Juaguaribe.
De acordo com Vinícius, como não é um animal de água salgada, o jacaré deve ter entrado em algum leito de rio, possivelmente o Rio Jaguaripe.
Por ser um jacaré de grande porte, de acordo com o veterinário, o animal precisa se adequar ao ambiente. Por isso, foi levado à localidade em Sauípe.
O veterinário explicou que, na Bahia, há duas espécies de jacarés que são comuns: o jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris) e o jacaré-anão.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Parque Sauipe, dentro da Área de Proteção Ambiental (APA) do Litoral Norte, que fica em Mata de São João
Inema/Divulgação
Jacaré resgatado em praia de Salvador
Guarda Municipal/ Divulgação
Assista aos vídeos do Jornal da Manhã
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”