JEC/Krona vence o Blumenau e mantém a liderança na Liga Nacional

Deu JEC/Krona no clássico estadual. Jogando pela Liga Nacional na tarde deste sábado (17), o Joinville derrotou o Blumenau por 4 a 3, se manteve na liderança isolada do grupo B e complicou ainda mais a situação delicada da equipe do Vale do Itajaí.

JEC/Krona vence o Blumenau e mantém a liderança do grupo B da Liga Nacional – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona

Com gols de Renatinho, Igor Costa, Andrei e Caio, o Tricolor garantiu mais uma vitória na competição nacional. Os gols dos donos da casa foram marcados por Diogo, Simas e Rudy.

Os catarinenses garantiram um primeiro tempo de muita velocidade e chances de gol. Foram 15 finalizações na primeira etapa e quatro gols. Com a forte marcação, já característica da equipe, o JEC/Krona pressionava o Blumenau quando estava sem a bola e forçava os erros do adversário. Do outro lado, o time do Vale do Itajaí começou agressivo, levando perigo ao gol de Willian, que mais uma vez, brilhou.

A qualidade na troca de passes e a movimentação em quadra do Tricolor empurrava o Blumenau para a própria quadra e sem dar espaço obrigava a equipe da casa a apostar nas ligações diretas. Ajustando a saída de bola e fugindo da pressão do Joinville, Blumenau passou a trabalhar mais a bola, mas o balde de água fria veio aos 12 minutos.

Em ótima jogada de “pé a pé” entre Renatinho e Genaro, o camisa 21 abriu o placar. Renatinho tocou em Genaro que só pisou e ajeitou para o ala, que chutou de chapa, no canto direito do goleiro Dudu.

Dois minutos depois, o empate. Rafinha cobrou escanteio no pé de Diogo que, de canhota e de primeira, chutou forte para igualar o placar. A bola desviou em Machado e tirou completamente Willian da jogada.

O “toma lá dá cá” continuou e menos de um minuto depois, Igor Costa tratou de colocar o JEC/Krona em vantagem novamente. Depois de dar a assistência para o gol, Rafinha escorregou na saída de bola e Igor Costa, em cima, tomou a bola, chutou tirando Dudu do lance e saiu para o abraço.

Blumenau subiu a marcação para tentar empurrar o JEC para a quadra de defesa e pressionar pela posse de bola, mas o Tricolor conseguia trabalhar a bola sem sufoco. Mas, o equilíbrio em quadra foi também para o placar. Aos 18, a bola atravessou da ala esquerda para a entrada da área pela direita e Simas bateu meia altura, no canto, entre Willian e a trave, deixando tudo igual mais uma vez.

O segundo tempo começou ainda mais movimentado, mas com pouca organização. As duas equipes apostaram mais nas jogadas de transição e na velocidade do contra-ataque, mas pecavam na qualidade do passe. Poucos minutos depois, o JEC/Krona voltou a trabalhar mais a bola e encontrou um Blumenau com a marcação mais encaixada. O resultado foi o espaço limitado, especialmente pelo meio, nas jogadas de pivô que tanto funcionaram no primeiro tempo.

Andrei e Igor Costa, pratas da casa, marcaram na vitória diante do Blumenau – Foto: Juliano Schmidt/JEC/Krona

Organizado, trocando passes e se movimentando bem em quadra, o Tricolor logo chegou ao terceiro gol e ele veio aos nove minutos, com Andrei. O camisa 18 começou a jogada, tocou em Dieguinho na ala e avançou pelo meio. Inteligente, o pivô devolveu de primeira e viu Andrei ajeitar e chutar no canto de Dudu.

No minuto seguinte, o quarto gol tricolor em bela jogada do capitão Leco. O fixo recuperou a bola depois de pressionar muito a equipe do Blumenau, avançou pela ala esquerda e esperou o momento certo para tocar em Caio, que entrava nas costas da marcação, livre. O camisa 5 só teve o trabalho de empurrar para o gol e sair para comemorar.

A alternativa do Blumenau para pressionar o Joinville e tentar buscar o empate foi lançar Ivan quase que como um goleiro linha. O experiente goleiro passou a jogar adiantado, organizando o ataque blumenauense que mesmo com um a mais no campo ofensivo, não conseguia furar a defesa bem postada do JEC/Krona.

Tanto tentou que, com apenas 12 segundos no cronômetro, o Blumenau chegou ao terceiro gol com Rudy. Ivan tocou, ele ajeitou e chutou de fora para diminuir, mas não havia mais tempo para buscar a reação e o Blumenau amargou mais uma derrota e continua estacionado na lanterna do grupo B.

Já o JEC/Krona mantém a liderança isolada, mesmo com jogos a menos. O Tricolor volta à quadra pela Liga Nacional no domingo (25), quando recebe o Foz Cataratas, às 11h15, no Centreventos Cau Hansen. Antes disso, a equipe volta a jogar pelo Estadual. A partida acontece na próxima terça-feira (20), às 20h, na Serra Catarinense.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”