Jorge Marra, autor de disparo que matou candidato a vereador em Patrocínio, é levado para presídio em Patos de Minas


Ex-secretário de Obras e irmão do prefeito da cidade se entregou no domingo (27). A vítima, Cássio Remis, fazia live com denúncia antes de ser atacado. Jorge Marra é transferido de Patrocínio para Patos de Minas
Patrocínio Online/Divulgação
Jorge Marra, irmão do prefeito de Patrocínio e ex-secretário de Obras do município, foi transferido para o presídio Sebastião Satirio, em Patos de Minas. Ele chegou ao local próximo das 19h desta segunda-feira (28).
Marra atirou e matou o candidato a vereador Cássio Remis, na quinta-feira (24), após o político fazer umas transmissão ao vivo de uma suposta obras irregular da Prefeitura. O atual prefeito, Deiró Marra, é candidato à reeleição e, segundo a Polícia Civil, não tem envolvimento no crime.
Transferência de Patrocínio para Patos
A Polícia Civil disse que Jorge Marra ficou na cadeia de Patrocínio de domingo (27) para esta segunda, porque hoje o delegado ia tentar ouvi-lo novamente, já que durante o depoimento, que durou cerca de três horas, ele ficou calado na maior parte do tempo e não respondeu a todos os questionamentos.
Um dos objetivos da Polícia Civil, segundo apuração da TV Integração, era tentar confronta-lo com imagens do circuito de segurança que mostram ele atirando e correndo atrás de Cássio. Isso porque, quando se entregou, Marra disse que agiu em legítima defesa.
Segundo o delegado, a defesa de Marra não permitiu que fosse feita essa nova oitiva. Por isso, então, os delegados desistiram de ouvi-lo e ele foi transferido para o presídio em Patos de Minas.
Jorge Marra se entregou no domingo (27), no começo da tarde na Delegacia de Polícia de Patrocínio. Ele estava foragido desde o dia do assassinato e teve a prisão preventiva decretada um dia depois do crime, na sexta-feira (25). Ele se apresentou só após uma negociação entre a família, os advogados e a polícia.
Segundo a Polícia Civil, o autor pode responder por roubo, homicídio por motivo fútil e uso de recurso que dificulta a defesa da vítima, além de por porte ilegal de arma de fogo.
Novo secretário
Nesta segunda-feira, o prefeito de Patrocínio, Deiró Marra (DEM), nomeou o novo secretário de Obras. Ronaldo Correa de Lima assume o lugar de Jorge Marra, que foi exonerado.
Prefeito Deiró Marra (ao centro) nomeia Ronaldo Correa de Lima (esquerda) como novo secretário Obras de Patrocínio
Prefeitura de Patrocínio/Divulgação
Ronaldo Correa de Lima atuava como Superintendente do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Daepa). Segundo informou a assessoria da Prefeitura, ele já foi secretário da pasta em gestões anteriores e agoras assume o cargo.
Crime
Vídeo mostra momento em que Cássio Remis foi baleado em Patrocínio
Cássio Remis morreu na tarde da última quinta-feira (24) após ser baleado pelo então secretário de Obras, Jorge Marra.
Antes de morrer, a vítima estava na Avenida João Alves do Nascimento mostrando o processo de revitalização, quando alegou na transmissão ao vivo que funcionários da Prefeitura eram usados para fazer serviços particulares em frente a uma residência que seria o comitê de campanha do atual prefeito, Deiró Moreira Marra.
Nesse momento, Jorge Marra saiu de um veículo, tomou o aparelho da vítima e voltou ao carro.
Pré-candidato a vereador em Patrocínio é atacado durante live
Conforme a Polícia Militar, em seguida, Remis foi atrás de Jorge Marra, que se dirigiu à Secretaria de Obras. Na porta do local, o candidato tentou pegar o telefone de volta, mas Marra atirou e fugiu.
Segundo o delegado Renato Mendonça Cardoso, testemunhas relataram que depois que a vítima foi alvejada pelas costas e caiu no chão, o autor ainda deu mais três tiros.
Logo após o crime, o prefeito e irmão do autor, Deiró Marra, fez um pronunciamento e assinou a exoneração do secretário.
“Lamentamos tudo que aconteceu e essa sequência de fatos absolutamente injustificáveis, que culminaram na morte do vereador Cássio Remis por disparo de armas de fogo, infelizmente pelas mãos do meu irmão. Todas minhas diferenças de campo político sempre foram resolvidas através do debate, jamais tive qualquer atitude fora desse campo”, falou.
Candidato a vereador é atacado durante live e morto em Patrocínio
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

“As pessoas sempre escolherão uma história que as ajude a sobreviver e prosperar.”