Jornais estrangeiros repercutem assassinato de homem negro em supermercado brasileiro


‘Espancamento selvagem’, ‘onda indignação’: veja como a imprensa internacional retratou a morte de João Alberto Silveira Freitas em um mercado da rede Carrefour em Porto Alegre. Manifestação contra morte de João Alberto, em São Paulo, nesta sexta-feira (20).
REUTERS/Amanda Perobelli
A morte brutal por asfixia de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, em um supermercado da rede Carrefour em Porto Alegre (RS) ganhou as páginas on-line de jornais estrangeiros nesta sexta-feira (20).
João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto por dois homens brancos em Porto Alegre.
Reprodução/Redes sociais
Morte de João Alberto provoca protestos em várias cidades
Freitas foi espancado e morto por dois homens brancos que faziam a segurança de uma unidade do Carrefour na capital gaúcha. Os suspeitos tiveram prisão preventiva decretada. Laudo inicial aponta que o soldador, de 40 anos, foi morto por asfixia.
Veja abaixo a repercussão da imprensa internacional
The Washington Post (Estados Unidos)
‘Morte de homem negro após espancamento brutal por seguranças enfurece o Brasil’, diz título de reportagem do ‘Washington Post’
‘The Washington Post’/Reprodução
O jornal americano destacou a brutalidade dos seguranças ao dizer que Freitas foi “selvagemente espancado”. A publicação também mostrou os protestos ocorridos por todo o país e relembrou os atos que tomaram os Estados Unidos após a morte de George Floyd, em maio.
La Nación (Argentina)
‘Onda de indignação no Brasil pela morte de um homem negro após um espancamento brutal em um supermercado’, diz título de reportagem do jornal ‘La Nación’
‘La Nación’/Reprodução
A reportagem do jornal argentino, com base na apuração da agência France Presse, menciona a “onda de indignação” após um “espancamento brutal” no supermercado. O “La Nación” também lembrou que o Brasil celebra nesta sexta o Dia da Consciência Negra.
El País (Espanha)
‘O espancamento mortal de dois guardas brancos a um cliente negro põe em foco o racismo no Brasil’, diz reportagem do jornal ‘El País’
‘El País’/Reprodução
Na reportagem, o jornal espanhol cita Porto Alegre como “uma cidade do Brasil mais branco” e menciona que o assassinato ocorreu em meio à campanha das eleições municipais. O ‘El País’ também relembrou a fala do vice-presidente Hamilton Mourão de que “não existe racismo no Brasil”.
Le Parisien (França)
‘O Brasil se indigna depois da morte de um homem negro, espancado por agentes de segurança’, diz o título da reportagem do ‘Le Parisien’
‘Le Parisien’/Reprodução
“É um excesso de emoção e de raiva que se expressa atualmente no Brasil”, diz a abertura da reportagem do periódico francês. O jornal lembra que o supermercado pertence ao grupo Carrefour, rede de origem francesa.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.