Justiça Eleitoral desaprova candidatura de Luiz Delvair, do PCO, à Prefeitura de Porto Alegre


Candidato deixou de apresentar contas relativas às Eleições 2016, afirma juíza. Luiz Delvair afirma que setor jurídico do partido estuda o caso. Luiz Delvair Martins Barros (PCO)
Reprodução/RBS TV
A juíza Gladis de Fátima Canelles Piccini, da 158ª Zona Eleitoral, desaprovou o registro de candidatura de Luiz Delvair (PCO) à Prefeitura de Porto Alegre. Na decisão, publicada na terça-feira (20), a magistrada considerou que o candidato “deixou de apresentar as contas relativas às Eleições 2016”, quando concorreu a vereador.
Além disso, pontua Gladis, “também deixou de ser comprovada a escolaridade, visto que o documento juntado aos autos encontra-se ilegível”.
“A omissão no cumprimento do dever de prestar contas não é do desconhecimento do requerente, tendo sido também indicada na decisão que indeferiu seu pedido de registro de candidatura ao cargo de senador nas Eleições 2018”, observa a magistrada.
Luiz Delvair afirmou que ainda não havia sido informado da situação e que o Partido da Causa Operária está verificando o caso.
“O jurídico do partido, em São Paulo, já está cuidando desse problema”, diz.
Conforme o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), a decisão tem prazo para recurso até sábado (24). Até lá, não está alterada a situação de Luiz Delvair como candidato no pleito de 2020.
Caso a inelegibilidade seja confirmada, a vice, Delaine Kalikosky, pode assumir a chapa.
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.