Laboratório Central de Pernambuco abre seleção com 23 vagas para técnicos


Inscrições podem ser feitas até a quinta-feira (26), pela internet. Há oportunidades para o Recife e gerências de Caruaru, no Agreste, e Serra Talhada e Petrolina, no Sertão. Laboratório Central de Pernambuco (Lacen)
Reprodução/TV Globo
A Secretaria de Saúde de Pernambuco anunciou, nesta sexta-feira (20), a abertura de 23 vagas em uma seleção pública para técnicos de laboratório. As inscrições seguem até a quinta-feira (26), pela internet. Segundo o edital, os salários são de R$ 1.045, para diaristas, e de R$ 1.079, para plantonistas.
Veja a média móvel da pandemia em Pernambuco
Saiba o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus
Coronavírus: confira perguntas e respostas
Segundo o governo, há oportunidades para o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), no Recife, e para as Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Caruaru, no Agreste, e Serra Talhada e Petrolina, no Sertão. A seleção faz parte da ação de reforço na pandemia do novo coronavírus.
No Recife, as 20 vagas são para os profissionais atuarem no regime de plantão. É um turno único de 24 horas ou dois de 12 horas, cada.
Nos laboratórios das Geres do interior, que fazem parte da rede descentralizada do Lacen, o trabalho será de diarista (quatro horas diárias, totalizando 20 horas semanais). Há uma vaga para cada gerência.
Os candidatos serão selecionados a partir de análise curricular, de caráter classificatório e eliminatório. O resultado final sairá em 11 de dezembro.
Os profissionais selecionados vão atuar por seis meses. Esse prazo, no entanto, pode ser prorrogado por até dois anos.
Por causa da pandemia, alertou a secretaria, não será permitida a participação na seleção pública de candidatos com mais de 60 anos, gestantes, mulheres que acabaram de ter bebê ou que sejam de algum outro grupo de risco para o novo coronavírus, conforme descrito no edital.
Segundo o estado, esta é a segunda seleção realizada especificamente para o Lacen para suprir a “necessidade temporária de excepcional interesse público relacionada à emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus”.
Balanço
Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o Lacen-PE analisou mais de 188 mil amostras biológicas de pacientes suspeitos para o novo coronavírus.
No laboratório, são avaliados os exames de biologia molecular (RT-PCR), que têm maior sensibilidade para diagnosticar a doença na sua fase aguda, quando há risco de transmissão.
As amostras analisadas pelo Lacen representam 55% dos exames de RT-PCR realizadas no estado, que totalizou mais de 344 mil. Quando somados os laboratórios parceiros da rede pública estadual, o percentual sobe para 77% (mais de 266 mil).
Coronavírus em Pernambuco
Foram confirmados, nesta sexta-feira (20), 688 casos e nove óbitos por Covid-19 em Pernambuco. Com isso, o estado passou a totalizar 174.312 infectados pelo novo coronavírus e 8.899 mortes devido à doença. A contagem teve início em 12 de março.
VÍDEOS: novidades sobre vacinas contra a Covid-19
Initial plugin text
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.