Liberados para prisão domiciliar por causa da Covid-19, 200 detentos do regime semiaberto devem voltar a presídio na BA

Volta para presídio de Feira de Santana será escalonada, por ordem alfabética. Retomada está sendo de forma voluntária, mas presos serão acionados pela Justiça. Presos que estão em prisão domiciliar durante pandemia retornam ao Conjunto Penal na Bahia
Duzentos detentos do Conjunto Penal de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, que cumprem prisão em regime semiaberto e foram autorizados à prisão domiciliar por causa da pandemia devem voltar para o presídio.
A decisão foi publicada na quinta-feira (29) pela Vara de Execuções Penais e será cumprida de forma escalonada e por ordem alfabética. Inicialmente, a retomada está sendo de forma voluntária, mas os presos serão acionados pela Justiça.
Os detentos que estiverem em casa por terem problemas de saúde podem continuar em regime domiciliar, mas precisam apresentar relatório médico á Justiça em até 10 dias. Todos os casos serão analisados pela Justiça. Os presos que não retornarem serão considerados foragidos.
A saída para prisão domiciliar foi autorizada em março pela Justiça, por causa da pandemia da Covid-19. De acordo com a Vara de Execuções Penais, a retomada leva em conta a estabilização dos casos da doença e a volta das visitas no presídio, que foram retomadas há cerca de duas semanas.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Assista aos vídeos do Bahia Meio Dia
Ouça ‘O Assunto’
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.