Liminar paralisa obras que causam danos ambientais na Lagoa das Capivaras

Ordem judicial foi obtida pelo MPSC, que apontou, com base em laudos técnicos, supressão irregular de vegetação e aterramento de olho d’água para loteamento. Objetivo da ação é a recuperação de toda a área degradada no entorno da lagoa.
Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.