A transferência de renda aos mais pobres precisa ser mantida pelo governo, com opção por um ajuste fiscal mais gradual a partir do próximo ano, defendeu hoje Nilson Teixeira, sócio fundador da Macro Capital Gestão de Recursos, entrevistado da Live do Valor. Na visão do economista, essa seria a via mais adequada para começar a equilibrar a economia e permitir uma retomada da atividade no período que sucederá a pandemia.


Com Agências